a Dios le pido

Ontem foi  dia dos namorados. Como tal, não pude deixar de me lembrar que a única vez em que ofereci um presente nessa ocasião foi o ano em que tudo acabou. Ofereci um livro, para mim o mais bonito, “O Principezinho”… Há coincidências dum raio!

Já que me lembrei do assunto, aproveito para estipular o dia de hoje como o dia dos ex-namorados, e mando este recado:

Todos os dias rezo para que batas com a cabeça. Não para acordares para a vida, mas para que te esqueças do meu número de telefone, da minha morada e do meu nome. Nunca mais,  qualquer que seja o motivo, ouses voltar a contactar-me.

Tirando isso não te desejo mal nenhum. Que vivas muitos e bons anos assim como és, e que morras tal e qual como nasceste:  egoísta.

(Nem de propósito, enquanto escrevia descobri isto)

Anúncios
a Dios le pido

8 pensamentos sobre “a Dios le pido

  1. Ipa diz:

    ia comentar o primeiro mas a proposito do enjoo do dias dos namorados (apesar de eu ter comprado um presente pro meu, que vergonha) venho dizer que me podes dar a quantidade de chibatadas que quiseres porque ainda nao me dignei a escrever aqui. isto está a ficar mesmo muito giro! e mais do que isso, a tua cara. fico feliz por partilhares co mundo um bcdnho de ti e estou de boca aberta com os posts gigantes que tens feito, wtf 😀 é um prazer seguir.te, ler.te, ouvir,te, enfim…como todos os dias da nossa vida@

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s