agora sou eu

Agora que a rebaldaria de Agosto já passou, que o pessoal já voltou a queixar-se  das segunda-feiras e a desbocar-se em TGIFs,  chega a minha vez de ir dar ao chinelo por aí fora durante duas semaninhas!

Sendo que na primeira semana me cabe a tarefa de mostrar o nosso jardim murcho à beira-mal plantado a duas amigas Húngaras, queiram por favor dizer-me o que se mostra aos estrangeiros em Lisboa e em Coimbra, tirando as turistices básicas, assim coisas giras e diferentes, que eu não conheço esses sítios muito bem.

Depois do vá para fora cá dentro, é vez de ir passar férias à pobre na zona dos ricos, que é como quem diz aproveitar os vôos para Marselha a 50€, pernoitar em casa de familiares e cravar-lhes o carro e apanhar sol mediterrânico na moleirinha. Côte d’Azur, on y va!

le-soleil-toute

Contem comigo para ir metendo nojo entretanto.

E sim, obviamente que vou voltar mais cansada do que fui, mas isso agora não interessa nada.

Anúncios
agora sou eu

Weekly Photo Challenge: Sea | Aveiro

Back to the weekly photo challenge.

I moved from the Portuguese countryside to the coast (Aveiro) 8 years ago, where the exploitation of salt is part of the region’s history. After all this years living here I still find the salt pans fascinating! The sunset here is gorgeous.

collage_avr

Em ti falamos e diremos mais 
A todo o mundo todos os mortais 
Que tens palheiros e montes de sal 
Tens Moliceiros pelos teus canais 
Ainda és a Veneza de Portugal
Aguas que a ria levou para o mar
São lágrimas de uma flor
Braços de ria para te abraçar
Tricana cheia de amor
Aveiro dos estudantes
Vidas cintilantes 
Não vamos esquecer
Que seremos teus amantes
Até morrer
Weekly Photo Challenge: Sea | Aveiro

recuerdos de salamanca, em directo dos cuidados paliativos dos “tefones” modernos

Agora que o meu smartphone ficou veramente ligado às máquinas parece-me que não há mais photo challenge para ninguém nos próximos tempos. Como tal, e como homenagem ao combalido, ficam as provas de como se esforçou e deu o seu melhor neste fim-de-semana prolongado em Salamanca. Uma cidade que até então me tinha passado ao lado, tão bonita de ver e agradável para passear, e mesmo aqui ao lado!

Igrejas, gárgulas, estudantes (mais estrangeiros do que espanhóis) de bicicleta, empregados de restaurante antipáticos, lendas medievais, jardins escondidos com vistas sobre a cidade e gelatarias em cada canto… estamos em Salamanca e isto é España, não há dúvidas.

1. vista da ponte romana 2. Biblioteca / "Casa de las Conchas" 3. Poço com cadeados apaixonados no Huerto del Calixto 4. Pátio interior do nº3 5. Catedral Nueva 6. Plaza Mayor
1. Vista da ponte romana 2. Biblioteca / “Casa de las Conchas” 3. Poço com cadeados apaixonados no Huerto del Calixto 4. Pátio interior do nº3 5. Catedral Nueva 6. Plaza Mayor
recuerdos de salamanca, em directo dos cuidados paliativos dos “tefones” modernos

Weekly Photo Challenge: In the Background

In the Background: The places that we pass through day after day, or even once in a lifetime, leave in their small way, echoes and traces of themselves upon us. But so often when taking self portraits or pictures of friends, the places themselves become a soft blurred mush of indistinct semi-nothingness, the limelight stolen by our smiling faces. In today’s challenge, let’s turn the tables. Take a picture of yourself or someone else as a shadow, a reflection, or a lesser part of a scene, making the background, or — as in the example above — the foreground, the center of attention.

Oviedo, Spain 2013
Oviedo, Spain 2013
Weekly Photo Challenge: In the Background